Ligue para Matuto: 81.9918.9456 / 8790.3018 ou centraldenoticiasdegravata@hotmail.com

SERC 30 ANOS: UMA LINDA HISTÓRIA MERECE SER CELEBRADA

quarta, 15 de maio de 2019

O SERC (Serviço de Estimulação e Reabilitação da Criança) estará celebrando no dia 26 de maio 30 anos de existência na cidade de Gravatá. Para comemorar essa data eles prepararam uma programação especial.

A abertura oficial acontecerá no dia 26 ás 17h com a benção aos 30 anos, haverá apresentações artísticas, realizadas com as crianças e adolescentes e adultos do SERC e convidados.

Já nos dias 29, 30 e 31 o SERC realiza uma exposição de fotos e fatos que ocorreram nesses 30 anos de história, o público e as escolas poderão participar desse momento que acontecerá em dois turnos, das 8h30 ás 11h30 e das 13h30 ás 16h30, com limite de 3 escolas por turno, pra isso as escolas precisam agendar com antecedência.

SOBRE O SERC
A Instituição SERC foi fundada em 26 de maio do ano de 1991, na cidade de Gravatá, Estado de Pernambuco. A Instituição foi fundada por um grupo de mulheres, mães e parentes de crianças e adolescentes portadoras de necessidades especiais.

Assim como não dispunham de recursos para encaminhar seus filhos para tratamento na capital do Estado, bem como não dispunham de recursos para manter o tratamento de seus filhos. Sentindo-se só, decidiram se organizar e se auto-ajudarem no tratamento dos mesmos. O SERC nasceu de forma tímida e ao longo do tempo foi tomando corpo, passando hoje a ser uma referência no Município de Gravatá e circunvizinhos.

Cada família que tem seus filhos atendidos pela instituição SERC, passa a fazer parte do rol de sócios, tendo poder de voz e voto na assembléia geral da instituição.

Serviço de Estimulação e Reabilitação da Criança – SERC foi escolhido pelos sócios em assembléia geral, por tratar-se de uma sigla que consegue expressar, a contento, o anseio das famílias. Assim como fundamenta sua proposta educativa.

Proporcionar um atendimento específico às crianças e adolescentes com deficiência, promovendo a auto-estima e melhores condições de vida; envolvendo famílias, poderes públicos e sociedade civil, a fim de fortalecer o exercício pleno de cidadania.

Desenvolvido por Augusto Correia